Hoje resolvi sair da caixinha, me posicionar fora da curva e falar sobre algo que vem me incomodando um tanto nos últimos tempos. Gravei um vídeo em cima de um texto de minha autoria, sobre a Geração Mimimi e todas suas problematizações.

Ainda aproveitando a vibe 50 tons de cinza do meu último vídeo no canal e, por precisar arrumar um tema pro vídeo de hoje, resolvi criar uma TAG. Não encontrei nada que tivesse gritado aos quatro ventos o quanto interessante era pra que eu gravasse e, com isso, me joguei nas ideias doidas.. eis que surgiu a 50 TONS DE LIVROS e o resultado você confere no vídeo de hoje.

Sem regras, sem castigos e sem mais segredos. Essa frase definiu em todos os veículos de comunicação através de vários teaser’s, posters, mobiliários urbanos e trailers o mais aguardado lançamento cinematográfico do mês: Cinquenta Tons Mais Escuros. Mas afinal.. vale a pena assistir? Confira.