LivrosResenhas de Livros

Sonata em punk rock

Demorei para vim fazer a resenha desse livro porque não conseguia explicar em  palavras o quanto ele realmente significava pra mim. Ano passado eu passei por uma crise de Ressaca literária horrível e fiquei sem ler nada por grande parte do ano todo, tudo que eu começava a ler eu abandonava, não tinha livro que mudasse isso, até que por obra de Deus na minha vida SONATA EM PUNK ROCK caiu no meu colo e em questão de 2 dias foi devorado.

A historia é sobre Valentina ou simplesmente Tim, uma garota de 18 anos com personalidade muito forte e que ama música, na verdade ela ama Punk Rock. Com o sonho de ter sua própria banda e poder estudar na Academia Margareth Vilela um conservatório de música, aonde se formam grandes músicos, ela decide tentar uma vaga na academia.

Valentina foi criada somente pela sua mãe, pois seu pai abandonou as duas para poder realizar seus sonhos sem tem que se preocupar com as responsabilidades de ser pai, mas quando é aceita no conservatório seu pai descobre que ela tem o dom do ouvido absoluto e decide bancar todas as despesas, para que ela possa se tornar uma grande musicista assim como ele, apesar de no começo não querer de jeito nenhum a ajuda do pai ela entende que infelizmente essa é sua única chance de conseguir estudar na academia pois, os gastos são altíssimos e sua mãe não tem condições.

A partir do momento que ela começa a viver música, vamos acompanhando ela conhecendo pessoas novas, saindo da sua zona de conforto e chamando muita atenção pelo seu jeito “estrela do rock” de ser, imaginem uma garota de cabelos longos e platinados, com roupas no estilo rockeira estilosa e que escuta punk rock  com o fone no ultimo volume, isso tudo no meio de pessoas com família super conservadoras.

Se não for difícil, não tem esforço. E, se não tiver esforço, ninguém se torna mais do que medíocre. (…) Se estiver fácil demais, você está fazendo errado.

Como é de se esperar em meio a sua estadia na Margareth Vilela ela conhece Kim, em circunstâncias impossíveis de ignorar ela sem conhecer o garota o ajuda, e não consegue tirar esse Deus asiático da cabeça, porém aos poucos ela percebe que ele é diferente e bem arrogante com as pessoas.

O enredo é incrível, pois vemos uma garota em um mundo totalmente diferente do seu e mesmo assim ela aguenta firme e vai, percebemos assuntos como sororidade, machismo, homofobia e muito preconceito, para ser sincera não esperava menos vindo da querida Babi Dewet.

Para quem não sabe ela já escreveu um trilogia chamada “ Sábado a noite” e começou nesse mundo literário escrevendo fanfics, e a historia toda para mim pelo menos me lembrou muito dela, o gosto musical o estilo da Tim, ou seja posso estra enganada mas achei Sonata Punk Rock muito fiel aos sentimentos da Babi, mesmo sendo uma ficção.

É impossível não querer recomendar e mostrar essa historia para todos, de tantas formas diferente ela me pegou de jeito. Se pesquisarem percebem que as opiniões são sempre as mesmas, um livro que todo jovem deveria ler, ele ao mesmo tempo que nos leva para um mundo lindo, nos ensina coisas que estão faltando no nosso dia a dia.


Livro: Sonata em Punk Rock (Cidade da Música #1)
Autor(a): Babi Dewet
Editora: Gutenberg
Páginas: 300

Sinopse: Por que alguém escolheria uma orquestra se pode ter uma banda de rock? Essa sempre foi a dúvida de Valentina Gontcharov. Entre o trabalho como gerente do mercado do bairro e as tarefas de casa, o sonho de viver de música estava, aos poucos, ficando em segundo plano. Até que, ao descobrir que tem ouvido absoluto e ser aceita na Academia Margareth Vilela, o conservatório de música mais famoso do país, a garota tem a chance de seguir uma nova vida na conhecida Cidade da Música, o lugar capaz de realizar todos os seus sonhos. No conservatório, Tim, como prefere ser chamada, terá que superar seus medos e inseguranças e provar a si mesma do que é capaz, mesmo que isso signifique dominar o tão assustador piano e abraçar de vez o seu lado de musicista clássica. Só que, para dificultar ainda mais as coisas, o arrogante e talentoso Kim cruza seu caminho de uma forma que é impossível ignorar. Em um universo completamente diferente do que estava acostumada, repleto de notas, arpejos, partituras, instrumentos e disciplina, Valentina irá mostrar ao certinho Kim que não é só ele que está precisando de um pouco de rock’n’roll, mas sim toda a Cidade da Música.

 

Priscila Belato
the authorPriscila Belato
25 anos, paulista, turismóloga e em um relacionamento sério com todos meus personagens de livros. Viciada em Séries, Filmes e Música.