Música

No Sé Llorar – Dulce Maria

Como uma boa fã de música latina e fã de Dulce Maria, o assunto do post de hoje é dito com bastante propriedade: Evolução Musical. Após mais de um ano do lançamento do seu último álbum em estúdio, intitulado ‘Sin Fronteras‘, Dulce Maria retorna ao cenário musical com força total nessa última sexta-feira, 29 de abril: um super apoio de sua gravadora Universal Music México, uma imagem profissional muito mais trabalhada e um amadurecimento musical inegável.
cover1400x1400

Muitos, assim como eu, que acompanham a carreira da Doce Maria puderam conferir hoje o grande passo musical que a nossa mexicana está dando em sua carreira. Com um single muito mais sofisticado e uma evolução musical impressionante, No Sé Llorar chega as plataformas digitais superando lançamentos de fenômenos musicais como Formation, da Beyoncé, ocupando o primeiro lugar de vendas no iTunes. 😉

As batidas adolescentes foram deixadas para trás e um novo estilo musical veio a tona, no estilo baladinha/descolada/pra frente. Talvez eu não esteja conseguindo descrever perfeitamente o efeito que No Sé Llorar surtiu em mim, porém, quero deixar claro que como fã e crítica, sei e pude conferir e testemunhar uma grande evolução a caminho, começando com o pé direito!

tumblr_o6f6xqwiYj1rbsbkqo3_500

tumblr_o6f6xqwiYj1rbsbkqo1_500

tumblr_o6f6xqwiYj1rbsbkqo2_500

Espero que a promessa não fique apenas em No Sé Llorar, mas que o DM3 (nome carinhoso nos quais nós, fãs, estamos chamando o próximo disco de Dulce) possa vir com a pegada na qual Dulce não conseguiu conquistar em nenhum de seus trabalhos anteriores atuais. É indiscutível que ‘Extranjera‘ e ‘Sin Fronteras‘ mostram um lado não totalmente maduro dela, assim como não possuem uma identidade visual completamente definida. Mostram uma Dulce Maria com um pé na RBD e o outro tentando alcançar algo ainda não conhecido para si mesma. Sou apaixonada por canções como ‘Luna‘, ‘No Se Parece‘, ‘Quien Serás?‘, ‘Corazón en Pausa‘ e ‘En Contra‘, mas ainda assim nenhum desses sucessos, ao meu ver, definiram de vez a personalidade musical dela.

Vamos começar a falar com relação ao clipe: ela está tão madura, tão deslumbrante, tão mulher. Sim, ela não está parecendo absolutamente nada com a Dulce Mariaadolescente pós RBD‘ dos clipes anteriores, principalmente de ‘O Lo haces tu o lo hago yo‘! As expressões adolescentes foram deixadas para trás, os figurinos mais ‘menininha’ também. Temos uma mulher mais sobria, segura de si e dos seus sentimentos, mostrando que veio para derrubar todas as estigmas estipuladas sobre si anteriormente. Só para terem um comparativo, assistam OLHTOLHY e em seguida No Sé Llorar e presenciem pessoalmente a mudança entre as duas fases dela.

Para os que não conferiram até então.. se deslumbre com o novo vídeo clipe de Dulce Maria: No Sé Llorar.

No Sé Llorar já está disponível em todas as plataformas digitais, além do videoclipe estar no canal oficial da Dulce Maria no VEVO. Confiram e não deixem de avalia-lo! 😉

Michelle Felippelli About Author

29 anos, fotógrafa, publicitária formada e uma completa bookaholic. Exatamente ao pé da letra o significado de Agridoce: amarga e doce. ;)