Resenhas de Livros

Enquanto Bela Dormia – Elizabeth Blackwell

Narrado em primeira pessoa pelo ponto de vista de uma criada do reino, Enquanto Bela Dormia – livro publicado em janeiro/2016 pela Editora Arqueiro – foi uma excelente desconstrução de um clássico conto de fadas, muito cansativo em diversos momentos, mas excelente em quesito de criatividade. Esqueça tudo o que um dia você conheceu sobre o clássico ‘A Bela Adormecida’.

Enquanto-Bela-Dormia-Elizabeth-Blackwell-Editora-ArqueiroENQUANTO BELA DORMIA

Autora: Elizabeth Blackwell

Editora Arqueiro

368 páginas

Gênero: Romance, Drama, Releitura

Sinopse: Nos salões de um castelo, uma confidente leal guardou por muitos anos os segredos de uma rainha linda e melancólica, uma princesa que só queria ser livre e uma mulher que sonhava com a coroa. Esta é sua história.. (leia mais)

Essa história é narrada em primeira pessoa, por Elise. Tendo vivido no palácio real, servido a rainha e dedicado sua vida a criação de Rosa (nossa Bela Adormecida), Elise vem contar para seus netos – após ouvir sua mais velha narrar o final feliz da princesa ao ser despertada por um beijo – a verdadeira história por trás do conto de fadas. Ela não narra apenas o que ocorreu da luta da rainha em ter um filho até o adormecer da princesa, mas narra como tudo começou: da infância de Elise em um reino que, durante muitos anos, vivia a sombra da morte, com a perda de diversos homens e mulheres para a varíola (entre eles sua família) à descoberta de que era uma filha bastarda (oriunda de um relacionamento de sua mãe com alguém do castelo) e a tentativa de se lançar à sorte ao se arriscar para conseguir um emprego no castelo. Ela é o elo de ligação da história, nosso portal ao passado. Elise após muitos esforços conseguirá finalmente o tão sonhado emprego no castelo, começando de baixo, como arrumadeira e crescendo gradativamente até chegar a empregada exclusiva da rainha.

“NÃO SOU O TIPO DE PESSOA SOBRE QUEM SE CONTAM HISTÓRIAS. OS QUE TÊM ORIGEM HUMILDE SOFREM SUAS MÁGOAS E COMEMORAM SEUS TRIUNFOS SEM SEREM NOTADOS PELOS BARDOS E NÃO DEIXAM VESTÍGIOS NAS FÁBULAS DE SUA ÉPOCA.”

Ela nos conta a história de sua vida, onde em lugar da protagonista.. ela era apenas uma coadjuvante em sua própria história, já que sua vida girava em torno de sua rainha. A situação no reino não era das melhores: o rei e a rainha tentavam de tudo para terem um filho e, por maiores que fossem os esforços da rainha, ela não conseguia engravidar, se rendendo assim as feitiçarias de uma tia do rei, Millicent, o que resultou na tão sonhada gravidez. Sempre com um grande poder de manipulação, Millicent conseguia ter muito bem a rainha Lenore na palma de sua mão, chantageando-a com relação a ser madrinha no batismo da criança em troca da saúde/felicidade da mesma. Ao ser impedida pelo Rei de estar junto da Rainha na hora do nascimento da princesa, Millicent armou um escândalo, o que resultou no seu banimento do reino. Ela foi embora? Sim, mas não sem antes rogar uma praga na criança: rocas, doenças, sustos.. vai saber? praga essa que resultou em anos e anos de dúvidas, incertezas e medos na cabeça da rainha.

“A VERDADE ESTÁ LONGE DE SER HISTÓRIA DE CRIANÇA.”

Rosa cresceu, cheia de saúde, esperteza, vitalidade, sorrisos e gargalhadas. Passou sua vida inteira sobre excessos de cuidados de sua mãe e preocupações constantes de seu pai. Millicent nunca mais fora vista nas redondezas do reino, mas sua promessa de vingança assombrava todos os minutos a vida de Rosa e os pensamentos e a saúde da rainha Lenore. Millicent voltaria e, mesmo que inconscientemente, todos sabiam disso.

enquanto bela dormia resenha editora arqueiro garota agridoce post

      Não é novidade alguma o quanto eu sou apaixonada por contos de fadas e, ao me deparar com essa releitura/reconstrução de A Bela Adormecida, sabia que me apaixonaria. Dito e feito! Que maestria e criatividade registradas página a página dessas mais de 300 deste livro. Elizabeth conseguiu nos trazer uma perspectiva incrível de um dos contos de fadas que menos me chamam a atenção: A Bela Adormecida.

“SERÁ QUE ALGUÉM ACREDITA QUE UMA MULHER SEJA CAPAZ DE SOBREVIVER A UM SONO SEMELHANTE À MORTE E SAIR DELE ILESA?”

Nessa releitura contamos com muitas coisas similares ao clássico original, porém tivemos grandes cortes, como por exemplo as 3 fadas que cuidam de Rosa, o exilio dela na floresta com as mesmas e o tão esperado momento do “..ela picará o dedo no fuso de uma roca e morrerá. Mas o que são 100 anos para quem ama de verdade?(gente, eu escrevi e li isso com a voz da narração da Disney, me julguem!). Detalhes bobos foram deixados de lados e, em contrapartida, tivemos uma carga emocional e uma boa dose de drama aplicados nesse enredo. Nas entrelinhas são trabalhadas diversos tipos de relacionamentos e conseguimos ver o outro lado por trás do ‘felizes para sempre’ sempre empregados nos finais desses contos e, em contrapartida, temos a vida de Elise que, mesmo em segundo plano, é uma boa história a ser contada.

enquanto bela dormia resenha editora arqueiro garota agridoce post3

Tenho mais elogios a tecer por aqui hoje do que criticas, mas deixo o meu descontentamento pelas partes nas quais a história se arrastou mais do que sabe-se lá o que, a enrolação no detalhar os mínimos aspectos das situações, nas passagens desnecessárias onde não precisaríamos ter páginas e páginas com conteúdos irrelevantes para a história em si.

A história vai muito além do que conhecemos tradicionalmente e consegue surpreender seus leitores graças a sua complexidade e, como disse umas 50x já, criatividade!

“UM AMOR FORTE O BASTANTE PARA VENCER A MORTE.”

Uma ressalva para a Editora Arqueiro que caprichou no design dessa capa! Me apaixonei de cara ? e, super indico esse livro para os leitores que assim como eu amam um bom conto de fadas e todas as suas desconstruções/releituras! Não posso deixar de citar e indicar para todos que amam esse estilo de história: minha querida série ‘Once upon a time‘ (e se você não conhece, tem um post todinho sobre OUAT aqui no blog!)que finalmente voltou de seu hiatus para a 5B agora em março. Aproveitem, usem e abusem das 4 temporadas disponíveis no Netflix e se joguem ao assistir a 5ª temporada online. 😉

Michelle Felippelli About Author

29 anos, fotógrafa, publicitária formada e uma completa bookaholic. Exatamente ao pé da letra o significado de Agridoce: amarga e doce. ;)